Seguidores

quarta-feira, 14 de junho de 2017

1506 = Marat/Sade AVI LEGENDADO

Paris, início do século XIX.
Era moda as sofisticadas platéias irem ver teatrais apresentações cujos atores eram loucos, pois isto fazia parte da terapia.
Neste contexto, uma audiência chega a Charenton para ver uma peça, que foi escrita pelo Marquês de Sade (Patrick Magee), um interno do hospital.
Sade dramatizou o assassinato de Jean-Paul Marat (Ian Richardson), um dos líderes da Revolução Francesa, por Charlotte Corday (Glenda Jackson) e usou este fato histórico para servir de ponto de partida para um debate imaginário sobre política, sexualidade e violência entre ele e Marat.

07 06 2017