Seguidores

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

1717 = A MORTE COMANDA O CANGAÇO - 1961


 Sertão do Ceará, 1929. O cangaceiro Silvério, apadrinhado do Coronel Nesinho, a mando deste ataca uma família de pequenos fazendeiros que tinha se revoltado contra os seus desmandos. A fazenda é atacada e destruída, sendo a proprietária, Dona Cidinha, decapitada por Silvério. O filho de Dona Cidinha, Raimundo Vieira, é julgado e torturado pelo bando, que o dá como morto. Mas ele é salvo pelos seus vaqueiros e pequenos lavradores, ocultando-se num sítio. Eles iniciam um ataque ao Coronel Nesinho, que é liquidado, e aprisionam Florinda, que o coronel tinha enviado a Silvério como prêmio pelos serviços prestados. Florinda e Raimundo Vieira iniciam uma relação amorosa. Silvério, com a morte do Coronel, faz um ritual de "corpo fechado". Achando-se
17 10 2016